Como limpar o nome e sair das dívidas?

Segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), existem mais de 58 milhões de endividados no Brasil.

Se você faz parte dessa estatística, o melhor comportamento a seguir é buscar alternativas para limpar o seu nome o mais cedo possível. Pois aqueles que estão com nome sujo no Serasa ou no SPC têm dificuldade em contratar novos empréstimos, fazer financiamentos ou até mesmo fazer compras parceladas no cartão de crédito.

Por isso, é importante que você se planeje para estar livre das dívidas, e sem esperar que a situação de emprego, juros ou inflação melhorem para organizar sua vida financeira.

Para que você consiga limpar eu nome e colocar as finanças em dia, separamos algumas dicas importante.

Como saber se estou com o nome sujo?

Antes de falarmos sobre como limpar o nome, é importante que você saiba identificar quando está com seu CPF negativado nos principais cadastros de inadimplência do país.

E estar com as contas atrasadas não significa necessariamente que já esteja com seu nome sujo, é preciso que algum credor tenha enviado seu nome para alguma dessas instituições – o que normalmente não acontece antes de cobranças e de tentativas de negociação.

Existem três cadastros principais de inadimplência que deve acompanhar: o SPC, o Serasa e o Boa Vista SPCP. Veja como consultar se o seu CPF está negativado em cada um deles.

SPC (Serviço de Proteção ao Crédito): para saber se está com o nome sujo no SPC, você precisa ir pessoalmente até um dos postos de atendimento, cujos endereços podem ser conferidos neste link. Existe também a opção de fazer a consulta pela loja online do SPC.

Serasa: para fazer consulta de CPF negativado no Serasa, você também precisa dirigir-se presencialmente a uma das agências. Pela internet, existe a possibilidade de verificar se está com o nome sujo em uma das 90 empresas cadastradas pelo Programa Limpa Nome.

Boa Vista SPCP: este é o mais antigo cadastro de inadimplência brasileiro e, para descobrir se o seu CPF está cadastrado nele, basta acessar gratuitamente o site Consumidor Positivo.

Como limpar seu nome?

Depois de descobrir se está negativado em algum dos cadastros que mencionamos, é hora de agir para se ver livre das dívidas e organizar a vida financeira novamente. E isso até pode parecer difícil no momento, mas é possível, desde que tenha paciência e se planeje!

Veja nossas dicas:

1. Saiba quais são suas contas pendentes

O primeiro passo para limpar o nome é ter conhecimento sobre todas as dívidas que possui, sabendo quais são as taxas de juros, as datas de pagamento e os valores totais.

Tenha um controle visual para esse controle financeiro – apenas colocar as contas em uma gaveta não irá ajudá-lo a priorizá-las. Coloque tudo no papel ou no seu plicativo de organização financeira.

2. Tente renegociar os valores

Muitos credores estão dispostos a renegociar suas dívidas, pois estas empresas precisam do dinheiro para manter seu fluxo de caixa e fazer novos investimentos.

Por isso busque diálogos para tentar reduzir os juros cobrados ao longo do tempo em que está devendo e não deixe de procurar suporte junto ao SPC e Serasa. Essas empresas, organizam feirões e eventos para ajudar as pessoas a limparem seus nomes.

3. Troque dívidas caras por baratas

Na hora de começar a pagar as dívidas, foque primeiro naquelas que são mais caras, ou seja, possuem maiores taxas de juros.

As de valores menores, ao longo do tempo se multiplicam de forma mais rápida do que as outras, e podem aumentar o valor total de suas dívidas significativamente.

Além disso, vale a pena buscar empréstimos com juros mais baixos para pagar essas dívidas rapidamente – principalmente se forem o rotativo de cartão de crédito ou o cheque especial.

Hoje, as opções de empréstimo mais baratas no mercado são o refinanciamento do automóvel e o crédito com garantia de imóvel.

4. Certifique-se de que seu nome não consta nos cadastros de inadimplência

À medida em que for pagando suas contas atrasadas, vá acompanhando se o seu nome ainda consta nos cadastros como SPC e Serasa.

Os bancos e empresas têm um prazo de até 5 dias úteis para retirar seu nome de lá após o pagamento da dívida.

5. Recomece sua vida financeira

Ter uma vida livre de dívidas! E não voltar a ter o nome sujo envolve uma reeducação financeira e uma mudança importante no seu comportamento.

Mesmo antes de conseguir tirar seu nome dos cadastros de inadimplência, é importante começar a planejar suas finanças. Faça reservas para emergências, controle e reduza seus gastos, além de buscar formas alternativas de gerar receita.

Apenas assim você evita voltar a ficar negativado novamente.

Mas como está sua relação com o dinheiro?

Infelizmente é comum que em algum momento da sua vida você possa acabar ficando com o nome sujo, devido a alguma emergência financeira ou a algum imprevisto, como perder o emprego.

Mas se você quer ter uma relação saudável com seu dinheiro, é preciso mudar sua organização financeira e planejar para que isso não aconteça novamente.

Ficar negativado impede que você realize muitos de seus sonhos, além de colocá-lo em uma situação de estresse, pode prejudicar sua saúde e seu desempenho no trabalho.

Por isso, vale a pena buscar por educação financeira, rever seu estilo de vida e investir em um futuro com as finanças pessoais organizadas!

Gostou desse artigo? Então siga a Bari Promotora nas redes sociais para ficar por dentro de todas as nossas dicas de como realizar seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *