Como economizar dinheiro todo o mês?

Economizar dinheiro sempre foi um problema para você? Saiba que você não é o único: uma pesquisa feita apontou que 48% dos brasileiros gastam mais do que ganham e não acumulam reservas para eventuais imprevistos.

Se você não quer mais fazer parte desta estatística e pretende se proteger em meio à crise econômica, está na hora de começar a mudar seu comportamento. Ações simples podem ajudar você a economizar e até mesmo a investir seu dinheiro.

Confira nossas dicas!

Escreva seus objetivos

Muitas pessoas simplesmente não economizam porque não têm um objetivo claro, então, comece pelo básico e defina o seu. Ele pode ser para comprar uma casa, adquirir um carro, fazer uma viagem, casar ou se aposentar com tranquilidade. Após escolher seu objetivo principal, pesquise quanto de fato ele vai custar para você ter uma ideia de quanto precisará economizar.

Defina seu orçamento

Agora que você já sabe seu objetivo principal para economizar dinheiro, você precisa definir seu orçamento. Coloque no papel tudo que você recebe e tudo o que gasta por mês. Tenha em mente que você precisa guardar pelo menos 10% do que ganha por mês – o que pode variar dependendo do tamanho do seu objetivo.

Especialistas recomendam que você tenha uma reserva de segurança no valor correspondente a 6 vezes seu salário. Isso vai garantir que, caso você fique sem emprego, tenha no mínimo 6 meses de reserva (tempo médio no mercado para conseguir um novo emprego) até encontrar um novo emprego.

Controle seus gastos

Além de ter noção do seu objetivo e orçamento, você precisa ter um controle eficaz de seus gastos. Pessoas que não realizam um acompanhamento de despesas costumam não saber para onde realmente vai seu dinheiro.

Existem diversas ferramentas e métodos que você pode utilizar para começar a controlar suas finanças e economizar. Você pode usar desde o velho caderno de papel, passando por planilhas de Excel, até chegar nos aplicativos. Descubra a forma que mais se adapta ao seu estilo de vida e boas contas!

Corte o supérfluo

Depois que você começar a controlar seus gastos, você poderá perceber que está gastando mais do que devia em itens menos importantes. Você terá clareza de quanto gasta em lazer, transporte, roupas, etc, e irá identificar exatamente onde pode reduzir custos.

E que tal trocar o happy hour toda sexta-feira, por um encontro na casa de alguém do grupo? E se você trocar o táxi pelo metro quando puder?

Ações simples podem ter um impacto importante no seu bolso quando o fim do mês chegar.

Conheça seu perfil investidor

Assim que começar a juntar dinheiro, não adianta nada mantê-lo em sua conta corrente. Em primeiro lugar porque você tem grandes chances de acabar gastando ele sem perceber, e em segundo porque perde a oportunidade de investi-lo e aumentar seu capital.

Para começar a investir, você precisa conhecer seu perfil como investidor: Tem pouco ou muito dinheiro? É ousado ou conservador? Vai precisar utilizar o valor guardado em curto ou longo prazo?

Bancos e assessorias financeiras podem ajudá-lo a entender qual o melhor caminho a seguir, o que importa é você sentir-se seguro e bem informado para fazer opções inteligentes. Se possível, tente diversificar seus investimentos em diferentes modalidades e fuja da poupança.

Conheça um pouco mais sobre os diferentes tipos de investimentos clicando aqui.

Guardar dinheiro todo mês está parecendo mais fácil?

Compartilhe sua experiência com a gente e não esqueça de seguir a Bari Promotora nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *